quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Devolve-me.


Uma palavra, um gesto, um olhar...

Era só o que bastava...

Era só o que queria...

Era por isso que toda eu ansiava...



De resposta só o silêncio.

Não olhei para trás e segui em frente...

Custou.

Cada passo mais difícil que o anterior.

Queria olhar para trás e correr...

Correr em direcção a ti e abraçar-te para que nunca me deixásses.

Não o fiz.

Por orgulho ? Por respeito por mim própria ? Por tudo ?

Não sei.

Só sei que quando voltei a olhar já tinhas partido.

Partiste e levaste-me contigo sem que te apercebesses.

Por isso imploro-te... devolve-me.

2 comentários:

Anie Correa disse...

Foi transbordando esse sentimento que não tem nome, que eu escrevi isso..http://novehorasdodia.blogspot.com/2010/02/falha-humana.html Se puder leia. E um brinde as nossas falhas!
Gosto muito de passar por aqui.
=)
Anie

izzy disse...

olá :)
se gosta de colares com camafeus, entre outros, venha visitar o meu blog de artesanato:
www.atelierizzy.blogspot.com/
obrigada e uma excelente semana